Penitenciária de Alcaçuz está sob o comando dos presos há quase dois anos

Reportagem especial do jornal O GLOBO sobre a chacina na maior penitenciária do Rio Grande do Norte, revela para o País o que todos os potiguares já sabiam: a Alcaçuz, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal, está sob o comando dos presos há dois anos.
A edição desta terça-feira (17) do jornalão escreve que o episódio sangrento do final de semana tornou-se um símbolo do descontrole do sistema penitenciário brasileiro, palco de 142 mortes somente neste mês de janeiro.
“O motim revelou que a unidade prisional, a maior do Rio Grande do Norte, está sob comando dos presos há quase dois anos, quando as portas das celas foram quebradas e os detentos passaram a circular livremente dentro dos pavilhões.”
E foi preciso: “Isso impediu, nesta segunda-feira, que a Polícia Militar, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e agentes penitenciários do Grupo de Operações Especiais (GOE) retomassem o controle da unidade após 48 horas de rebelião. As forças de segurança foram barradas ao tentar entrar no presídio, mesmo com relatos de mais mortes a possibilidade de novos confrontos entre presos.”
Tecnologia do Blogger.