BALA PERDIDA QUE MATOU MOTOQUEIRO SAIU DE ARMA DE POLICIAL MILITAR

1O responsável pela bala perdida que vitimou um motociclista que trafegava em uma das avenidas mais carregadas da zona Norte de Natal se apresentou à Polícia Civil na última segunda-feira (6) admitindo ter sido o autor do disparo: um policial militar ainda não identificado.
Jeferson da Silva Santana, 29 anos, pilotava sua moto e levava sua esposa na garupa quando foi atingido por um projétil. O rapaz morreu na hora.
Segundo a polícia, o tiro foi disparado pelo agente após um popular ter soltado um rojão nas proximidades da Cavalaria da Polícia Militar, na avenida João Medeiros Filho. Ao confundir o rojão com um disparo, o policial, em defesa, atirou contra o suspeito, atingindo, ao invés dele, Jeferson.
Enquanto que o suspeito de atirar o rojão foi detido, o policial responsável pelo disparo relatou o caso e entregou a arma na Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal. Ele foi liberado em seguida. Tanto a Polícia Militar quanto a Civil continuarão apurando o caso.
Tecnologia do Blogger.