RADAR HOJE: ALÉM DE TEMER, DELAÇÃO DE FUNARO DEVE ATINGIR O BACURAU HENRIQUE ALVES

geddel henrique
RADAR HOJE: Considerada de teor explosivo, a delação premiada do operador financeiro do PMDB Lúcio Funaro deve complicar, além do presidente Michel Temer, outros vinte políticos ligados ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Segundo o jornal O Globo, os principais alvos são os ex-ministros Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves. Em sua colaboração, Funaro indicou contas bancárias – que seriam operadas por Cunha e aliados – nas quais teriam sido depositadas propinas destinadas para os ex-ministros.
Tanto Geddel quanto Henrique estão presos. O primeiro cumpre prisão domiciliar; já o potiguar está detido preventivamente na Academia de Polícia Militar, em Natal, desde o dia 6 de junho, por força de mandados de dois mandados.
Tecnologia do Blogger.