RADAR HOJE: ANA HICKMANN PRESTA DEPOIMENTO EM BELO HORIZONTE SOBRE ATENTADO EM HOTEL

A apresentadora Ana Hickmann presta depoimento em Belo Horizonte nesta sexta-feira (20) no processo em que o cunhado, Gustavo Corrêa, é acusado de homicídio.

Ela sofreu um atentado por um "fã" em Belo Horizonte, no dia 21 de maio de 2016. O crime aconteceu dentro de um hotel no bairro Belvedere, Região Centro-Sul da cidade. Gustavo Correa matou Rodrigo Augusto de Pádua após este atirar contra sua mulher, Giovana Oliveira, assessora da apresentadora.
Nesta sexta-feira, a juíza Ámalin Aziz Sant'ana deve ouvir seis testemunhas em uma audiência de instrução. Além da apresentadora, também prestam depoimento a mulher de Gustavo, um segurança do hotel e dois peritos, um da Polícia Civil e outro contratado pela defesa. A identificação da sexta testemunha não foi divulgada pelo Fórum Lafayette, onde a audiência é realizada.

Após os depoimentos de todas as testemunhas, o réu será ouvido pela juíza, que vai decidir se o caso será julgado por júri popular ou pela Vara Criminal. Mas ainda não está confirmado que Gustavo vai prestar depoimento ainda nesta sexta-feira (20).

Entenda o caso

Resultado de imagem para ANA HICKMANN POLICIA
Rodrigo, que era de Juiz de Fora, na Zona da Mata, estava hospedado no mesmo hotel que Ana Hickmann, no dia 21 de maio de 2016. Segundo o boletim de ocorrência, ele rendeu Gustavo e o obrigou a ir até o quarto de Ana, onde também estava a mulher dele, Giovana, que é assessora da apresentadora.

Grossi contou à época do crime que Ana Hickmann desmaiou depois que Giovana, já baleada, caiu de costas sobre seu braço. As duas foram socorridas pelo cabeleireiro que atenderia a modelo no sábado, Júlio Figueiredo. O cabeleireiro chegou a gravar, no telefone, trechos da conversa de Rodrigo com a equipe de Ana Hickmann rendida dentro do quarto.

As duas mulheres deixaram o quarto no momento em que Gustavo começou a lutar com Rodrigo. Na luta, Rodrigo foi morto com três tiros. Giovana contou, em depoimento, que o "fã" falou em "roleta russa".

Após ser baleada, Giovana ficou internada em um hospital de Belo Horizonte até o dia 25 de maio, quando foi transferida para São Paulo. Giovana ficou internada no Hospital Sírio Libanês até o dia 2 de junho, quando teve alta.

No perfil que Rodrigo mantinha no Instagram, todos os posts eram relacionados à apresentadora, que o fã dizia amar. O delegado de Homicídios Flávio Grossi disse que a família de Rodrigo Augusto de Pádua sabia do fascínio do jovem pela modelo.

G1


Tecnologia do Blogger.