RADAR HOJE:PAPA FRANCISCO CANONIZA OS 30 MÁRTIRES DE CUNHAÚ E URUAÇU

Papa Francisco canonizou neste domingo (15) os 30 “mártires do Rio Grande do Norte”, considerados os primeiros mártires do Brasil, assassinados em 1645. 

A cerimônia ocorreu na Praça de São Pedro do Vaticano. Ele também proclamou santos os três “meninos Mártires de Tlaxcala (México)”, assassinados entre 1527 e 1529.Francisco utilizou, como é habitual, a fórmula em latim para proclamar a santidade e pedir que fossem inscritos nos livros dos santos da Igreja.


Durante a cerimônia também aconteceram as canonizações do sacerdote espanhol Faustino Míguez (1831-1925), fundador do Instituto Calasancio Filhas da Divina Pastora e do capuchinho italiano, Angelo da Acri.

Missa
Uma missa de domingo em uma capela, uma celebração em campo aberto às margens de um rio e 150 pessoas brutalmente assassinadas. Dois massacres registrados no Rio Grande do Norte e apontados como símbolos da intolerância religiosa de holandeses que dominavam o Nordeste brasileiro em 1645 renderam ao país, 372 anos depois, 30 novos santos – “os primeiros santos mártires do Brasil”.
Os chamados “Mártires de Cunhaú e Uruaçu” – nomes de duas localidades da época que hoje correspondem aos muncípios potiguares de Canguaretama e São Gonçalo do Amarante – foram beatificados no ano 2000 pelo Papa João Paulo II e foram canonizados neste domingo pelo Papa Francisco.
* Numerosa delegação de políticos, devotos, religiosos e jornalistas do Rio Grande do Norte compareceram à liturgia de canonização.
Saiba mais detalhes clicando AQUI.
Tecnologia do Blogger.