SE PREFEITURAS PAGAREM 13º SALÁRIO DEVE INJETAR 200 MILHÕES NA ECONOMIA


O pagamento do 13º salário deve injetar cerca de R$ 200,5 bilhões na economia brasileira este ano, segundo estimativa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O órgão estima crescimento de 4,7% na comparação ao ano passado, sem considerar trabalhadores autônomos e assalariados sem carteira, que devem receber algum tipo de abono de fim de ano.

Atualmente, cerca de 83,3 milhões de brasileiros, tem direito a receber o benefício, que é pago aos trabalhadores com carteira assinada, beneficiários da Previdência Social e aposentados e pensionistas da União, dos Estados e dos Municípios. Do total a ser pago, 66,2% são destinados a trabalhadores formais, e o restante pago a aposentados e pensionistas. Os beneficiários do regime próprio da União vão receber 4,9% da quantia. 

Para garantir o pagamento dos servidores municipais, as Prefeituras se mobilizam para garantir Apoio Financeiro aos Municípios (AFM), no valor de R$ 4 bilhões, por parte do governo federal. Até o momento, duas entidades estaduais municipalistas já divulgaram que sem a verba, milhares de trabalhadores ficarão sem receber o 13º salário.
Tecnologia do Blogger.