Pai e filho são presos suspeitos de mandar matar empresário na Paraíba


A polícia prendeu na tarde desta segunda-feira (29/01), Arlan Andrade de Medeiros, apontado como sendo um dos suspeitos de ser mandante da morte do empresário Juninho Somadeira, assassinado no dia 02 de janeiro deste ano, na cidade de Patos, no Sertão do estado.

Segundo a Polícia Civil, Arlan foi preso em Patos, em uma localidade conhecida por “Beiral”. Também foi preso, Francisco Avelino de Medeiros, conhecido por “Xavier”, que seria pai de Arlan, e tio da vítima, Juninho. Xavier foi preso em Campina Grande, e era irmão de Adalberto Medeiros (Pai de Juninho).

Tanto Xavier quanto Arlan já foram levados para delegacia de Polícia Civil para os procedimentos de praxe. 

A morte de Juninho comoveu toda cidade de Patos, pois o empresário era bastante conhecido, e uma pessoa de bem. Logo após o crime, Arlan ainda chegou a ser preso, foi ouvido e liberado em seguida por falta de provas. 

A situação começou a mudar quando na semana passada (dia 21 de janeiro) a polícia prendeu um jovem conhecido por Malukada, suspeito de pilotar a motocicleta usada pela dupla para se deslocar até o local de trabalho do empresário (onde foi morto), e posteriormente fugir.

PB HOJE, com Patos Online
Tecnologia do Blogger.