Jovem mossoroense é selecionado para Rede de Ação Política em São Paulo

O mossoroense, servidor público da UFERSA, Allyson Bezerra, foi selecionado para integrar uma importante rede de formação política com sede em São Paulo-SP. Ele fará parte da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS), que se destaca nacionalmente por reunir líderes que atuam fora das tradicionais oligarquias eleitorais brasileiras.

No processo de seleção, foram 1.038 inscrições de todo o Brasil, mais de 200 entrevistas realizadas e 102 líderes definidos, filiados ou não a partidos políticos, de todas as regiões do país. Entre os selecionados estão o pernambucano João Campos, filho do ex-presidenciável Eduardo Campos e o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero.

Allyson Bezerra, 25 anos, é engenheiro civil, servidor público federal, presidente do Sindicato dos Servidores Técnicos da UFERSA, membro titular do Conselho Deliberativo da mesma universidade – nela, concluiu sua graduação e mestrado. Recentemente, passou a cursar Direito na UERN.

"Foram meses de seleção até chegar neste momento de ver meu nome escolhido. Entrar na RAPS é um sonho realizado e uma honra poder representar o Rio Grande do Norte”, resume Allyson Bezerra, que nos dias 24 e 25 deste mês já viajará até São Paulo para participar da primeira etapa das atividades de formação, com mesas de debate e palestras sobre temas relevantes da política.

Atualmente, Allyson Bezerra tem atuação política constante principalmente nas redes sociais, com destaque para o Facebook, onde posta vídeos falando sobre diversos temas políticos. 

O que é a RAPS?
A Raps (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade) foi idealizada em 2012 e desde então atua em prol da democracia e da formação política. A instituição trabalha para promover uma ação política apartidária, atuando com todos os partidos e espaços ideológicos distintos, comprometidos com a agenda da sustentabilidade, para a construção de uma sociedade livre, justa, solidária e sustentável.
No Congresso Nacional a RAPS conta hoje com 12 membros, entre eles políticos como os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Reguffe (DF-Sem partido), os deputados Alessandro Molon (Rede-RJ) e Júlio Delgado (PSB-MG) e no executivo os governadores Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) e Pedro Taques (PSDB-MT).
Na próxima eleição, a instituição tem como expectativa contribuir para a eleição de cerca de 50 parlamentares, entre deputados federais e estaduais, senador, e de três a quatro governadores.

Mais informações: https://www.raps.org.br/

Tecnologia do Blogger.