Obra de construção da nova sede da Central do Cidadão de Caraúbas será iniciada após o Carnaval


Na manhã desta quinta-feira 1º, o vice-prefeito Paulo Brasil, o chefe de gabinete Jaimar Gomes e o secretário de Políticas do Campo Elionaldo Benevides, receberam os engenheiros responsáveis pela construção da nova sede da Central do Cidadão de Caraúbas, que vieram a cidade para medir o terreno e anunciar o início do serviço, que deverá começar na primeira semana, logo após o Carnaval.

Todo o desenrolar dos serviços que serão executados pela empresa responsável, será coordenado pelos engenheiros Raul Azevedo e Diego Emereciano, que já estão em Caraúbas, para agilizar os detalhes iniciais da obra.

“Estamos fazendo o reconhecimento do terreno, medindo o espaço da construção, para que seja iniciada após o Carnaval. Vamos trazer toda nossa estrutura e utilizar mão de obra local no serviço, pois vai gerar vários empregos de imediato, na cidade”, explicou o engenheiro.

Para o vice-prefeito Paulo Brasil, a construção da nova sede da Central do Cidadão é um sonho antigo para os moradores da cidade, uma vez que desde sua implantação em Caraúbas, funciona em uma das alas do prédio do Banco do Brasil. “Desde que a Central do Cidadão chegou a Caraúbas, funciona em um prédio emprestado pelo Banco do Brasil e diante da situação, o prefeito Juninho Alves pleiteou junto ao Governo do Estado, uma nova sede, para melhor atender a população do município e região e hoje estamos aqui recebendo os engenheiros, para o ponta pé inicial da construção. Graças a Deus, mais um compromisso assumido pela nossa administração, que está sendo cumprido”, destacou o vice-prefeito.

O projeto da obra está orçado em R$ 2.646.938,12 e foi uma solicitação do prefeito Juninho Alves, com previsão para ser entregue em oito meses. “A empresa responsável deverá iniciar os trabalhos o na primeira semana após o Carnaval. Será uma obra moderna e que vai facilitar a vida da população de Caraúbas e região, em vários serviços e, em toda a construção, vai ser utilizada a mão de obra local, para gerar emprego e renda para o município", concluiu Juninho Alves. 
Tecnologia do Blogger.