Sejuc solta nota sobre vídeo e diz que paisagismo de alcaçuz foi doação e que os próprios detentos estão fazendo o serviço

Sobre o vídeo e fotos que circulam, a Secretaria de Justiça e Cidadania esclarece que:
O complexo penitenciário de Alcaçuz vem passando por reestruturação desde 2017, o objetivo é transformar a unidade modelo, no país. Dentro deste processo já foram investidos mais de 3 milhões de reais na reforma dos pavilhões destruídos em janeiro do ano passado.
A segunda etapa da recuperação continua e já estão em andamento os processos para os setores administrativos, médico, de veículos, segurança máxima, pavilhão 4 e guaritas.
Os projetos já se encontram, inclusive, no Departamento Penitenciário Nacional (Depen). A grama e palmeiras recém implementadas são provenientes de uma doação feita à Secretaria.
Sua instalação vem sendo feita utilizando mão de obra de internos, ou seja, não há qualquer tipo de custo para os cofres públicos.
Vale salientar que o projeto de implantação verde integra os planos da Sejuc para humanizar o ambiente Penitenciário (tanto para os apenados quanto para os agentes), além
de ocupar os presos, o que contribui para o processo de recuperação. Há previsão, ainda, de instalação de uma horta, cuja produção será consumida na própria unidade; além de arborização de canteiros.
Em Alcaçuz permanecem os bloqueadores, no entanto eles estão, no momento, desligados por não haver necessidade de sua utilização. Há outra modalidade de verificação eletrônica que comprova não existirem mais celulares na unidade.
A Sejuc ratifica seus propósitos de cumprir os planos do Governo e transformar permanentemente o Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte.
Assessoria Sejuc
Tecnologia do Blogger.