Uern finalmente se une e pede ao governo uma proposta

  

  






Repousa sobre a mesa do governador Robinson Faria (PSD) o ofício sob o número 042/21018, assinado por representantes dos segmentos estudantil, do professorado e pessoal técnico da Universidade do Estado do RN (UERN), além do reitor Pedro Fernandes Neto.
Datado do dia 20 (ontem, segunda-feira), o documento pede conjuntamente que o governo apresente uma proposta “que contemple o pagamento dos salários atrasados e previsão do restante do pagamento de 2018″.
A iniciativa é reflexo do desgaste de uma greve do professorado que passa dos 100 dias, sem qualquer sinalizador mínimo de avanço.
Assinam o ofício a presidente da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN), Rivânia Moura; presidente do Sindicato dos Trabalhadores Administrativos da Uern (SINTAUERN), Francisco Elineudo Freitas; presidente do Diretório Central dos Estudantes da Uern (DCE/UERN), Glisiany de Oliveira, bem como o reitor.
Tecnologia do Blogger.