O ‘quadrilhão do MDB’: Juiz federal autoriza depoimentos de 42 delatores

Resultado de imagem para mdb
Na semana passada, o juiz Marcus Vinicius Reis, da 12ª Vara da Justiça Federal em Brasília, aceitou denúncia de organização criminosa contra nove pessoas, entre elas integrantes do MDB, e dois amigos próximos do presidente Michel Temer, o coronel João Baptista de Lima Filho e o advogado José Yunes.
Todos, incluindo os ex-deputados Eduardo Cunha, Henrique Alves e Rodrigo Rocha Loures, viraram réus no inquérito conhecido como “quadrilhão do MDB”, que investiga o grupo por organização criminosa.  Já nesta segunda-feira (16), o magistrado atendeu a pedido do Ministério Público Federal em Brasília e autorizou os depoimentos de 42 pessoas, a maioria delatoras da Lava Jato.
Entre as testemunhas a serem ouvidas no processo, de acordo com o portal G1, estão o ex-ministro Antônio Palocci, o empresário Marcelo Odebrecht, do grupo Odebrecht; Ricardo Pessoa, da empreiteira UTC; o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró ; o operador Fernando Baiano; o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e o ex-senador Delcidio do Amaral.
Fonte: Notícias ao Minuto
Tecnologia do Blogger.