O mala vai pra casa

Ex-ministro Henrique Alves vai para prisão domiciliar: TRF-1 acatou pedido da defesa que que alegou excesso de prazo da prisão preventiva


O desembargador federal Ney Bello, do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região), autorizou o ex-ministro e ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (MDB-RN) a deixar o regime fechado.

A 14ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte, ao analisar laudos sobre a saúde do ex-ministro, com confirmação de que seria portador de depressão grave, determinou que ele fique recolhido em casa.
Tecnologia do Blogger.