Casos de latrocínio aumentam 73% em todo o Rio Grande do Norte

O número de latrocínios (roubo seguindo de morte) aumentou 73% e nos primeiros cinco meses de 2018 ao se comparar com o mesmo período de 2017. Segundo dados do Observatório da Violência Letal Intencional (Obvio), ligado à Universidade Federal do Semiárido (Ufersa), foram registrados 40 casos até o último dia 31 de maio.
Foram registrados 844 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) em 2018. Houve uma redução de 15% em relação ao mesmo período de 2017. De acordo com o levantamento, foram registrados 645 homicídios no período. Foi o tipo de crime com o maior volume de casos no período. Em segundo lugar está a lesão corporal seguida de morte, com 97 ocorrências.
O levantamento aponta, também, para o aumento expressivo de latrocínios – roubo seguido de morte. Este tipo de crime causou a morte de 40 pessoas em 2018. O aumento foi de 73% em comparação com 2017.
Com relação ao objeto utilizado nos crimes, as armas de fogo lideram. Do total de 844 mortes em crimes violentos, 766 casos foram por armas de fogo.

Agora RN
Tecnologia do Blogger.