Guerra em Janduís: Guerra entre famílias ja motivou nove assassinatos só este ano em Janduís


A delegada-geral da Polícia Civil no Rio Grande do Norte designou os delegados Erick Gomes da Silva e Paulo Cesário Lucena Targino, para investigar os nove assassinatos que ocorreram no município de Janduís neste ano de 2018. A decisão do governo partiu após o assassinato de Francisco Bezerra Targino, secretário municipal de Agricultura, corrido no dia 10 de julho.

Veja mais:

"Três desceram atirando", diz delegado sobre assassinato de secretário em Janduís 
 
Por falta de delegado titular na Delegacia de Janduís, as investigações estavam sendo conduzidas pelo delegado Paulo Nilo da Delegacia Municipal de Patu, que não tem estrutura para conduzir todas as investigações em andamento.
 
Diante da iminência de ocorrer mais crimes de homicídio nesta guerra declarada entre duas famílias tradicionais da região, a delegada-geral Adriana Shirlley de Freitas Caldas, seguindo orientação da secretária de Segurança Sheila Freitas, designou os delegados.

Erick Gomes está atualmente atuando na Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em Natal. Tem uma ótima equipe de investigação. Já o delegado Paulo Cesário está lotado atualmente na Delegacia de Marcelino Vieira. 
 
Na Portaria, Adriana Shirlley deixa claro que o trabalho dos delegados deve perdurar até a conclusão das investigações e a devida remessa dos inquéritos ao Poder Judiciário. Na cidade, os moradores relataram que as investigações já começaram.
 
Segue a Portaria 
 
Art. 1º. DESIGNAR os Delegados de Polícia Civil ERICK GOMES DA SILVA, Classe Substituto, matrícula nº 207.134-7, lotado na Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR, e PAULO CESÁRIO LUCENA TARGINO, Classe Substituto, matrícula nº 219.915-7, lotado na Delegacia Municipal de Polícia Civil de Marcelino Vieira, para, sem prejuízo do exercício de suas funções, atuar nas investigações objeto dos Inquéritos Policiais 010.07/2018, 002.03/2018, 003.03/2018, 004.03/2018, 007.04/2018, 011.07/2018, 012.06/2018, 013.06/2018 e 015.07/2018, até a conclusão e remessa dos referidos inquisitórios à autoridade competente, cabendo-lhes a prática de atos, separadamente ou em conjunto com o Delegado Titular da Delegacia Municipal de Polícia Civil de Janduís, que preside os mencionados procedimentos investigatórios. 
 
Art. 2º. Esta Portaria entra em vigor na data se sua publicação, revogadas as disposições em contrário. 
 
PUBLIQUE-SE. REGISTRE-SE. CUMPRA-SE.
 
ADRIANA SHIRLEY DE FREITAS CALDAS

Delegada-Geral de Polícia Civil/RN.

 
Portal Mossoró Hoje via portal CGRN
Tecnologia do Blogger.