Associação oferece R$ 1 mil de recompensa por informações sobre assassinos do PM Ildonio

Resultado de imagem para ildonio caraubas
Uma recompensa de R$ 1 mil está sendo oferecida a quem repassar informações que indiquem o paradeiro dos assassinos do cabo da Polícia Militar Ildônio José da Silva, de 43 anos. O militar foi executado no final da tarde desta quinta-feira (16), quando seguia de Caraúbas para Mossoró, ambas as cidades na região Oeste potiguar, em um ônibus de universitários.
A iniciativa da recompensa é da Associação de Praças da PM de Mossoró e Região. "A entidade garante o sigilo do denunciante", informou a entidade, em nota.
"A ideia da recompensa surgiu do sentimento de indignação. Tivemos um companheiro executado friamente simplesmente por ser policial. Não houve troca de tiros. Ele estava desarmado, entregou a arma, mas foi morto por ser policial. Isso deixou todos revoltados. Tanto que vários policiais que estavam de folga estão se voluntariando para atuar na operação de busca de suspeitos", afirmou o presidente da associação, cabo Tony Fernandes.
As informações podem ser repassadas através dos seguintes números:
  • Disque Denúncia: 181 ou (84) 9.8132-6057
  • Delegacia de Caraúbas: (84) 3337-2305
  • Polícia Militar: 190 ou (84) 9.9680-5322
O crime aconteceu na RN-117, entre as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar. Segundo o 12º Batalhão da PM, o soldado Ildonio José da Silva foi reconhecido pelos criminosos, que entraram no ônibus para fazer o assalto. Eles tiraram o homem veículo e o executaram a tiros. Ildônio foi o 21º policial assassinado este ano no Rio Grande do Norte.

G1
Tecnologia do Blogger.