Delegada acusa Natália Bonavides de ser contra o trabalho da polícia

A Secretária de Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, Sheila Freitas, está fazendo uma campanha nas redes sociais contra a candidatura de Natália Bonavides (PT) à Câmara dos Deputados. Nos posts que publica, Sheila Freitas divulga fotos da vereadora com a legenda “Não votem em que é contrário ao trabalho da Polícia”, acompanhadas da hashtag “Somos Todos Maurílio Pinto”.
A crítica da secretária remete a uma fala da vereadora petista, que chamou Maurílio Pinto, ex-delegado da Polícia Civil falecido em maio deste ano, de “criminoso”, em sessão na Câmara Municipal de Natal, enquanto o vereador Cícero Martins (PSL) fazia um pronunciamento sobre a atuação das polícias civil e militar no combate ao crime no RN.
“Chega a ser irônico alguém falar que é contra bandido e grupo paramilitar, e ao mesmo tempo falar bem de Maurílio Pinto, um dos grandes criminosos do nosso estado e inclusive responsável, exatamente, por grupos paramilitares”, afirmou a vereadora. O vídeo com a declaração, inclusive, viralizou nas redes sociais em poucas horas, causando diferentes opiniões sobre o fato”, disse Natália, na sessão ocorrida em 22 de março.
Sheila Freitas, por sua vez, considera que Maurílio foi um dos maiores representantes da categoria policial do Rio Grande do Norte. “O delegado Maurílio Pinto de Medeiros [ao morrer] deixou um legado de trabalho, compromisso, competência, lealdade e dedicação para todos nós. Foi um verdadeiro líder. Tenho muito respeito e admiração por sua trajetória como policial e por tudo o que representa para a Segurança Pública e para o povo do Rio Grande do Norte.
Maurílio Pinto
Maurílio Pinto, conhecido por “xerife”, dedicou 47 anos ininterruptos à Polícia Civil. Ele morreu no dia 19 de maio deste ano, aos 76 anos de idade, por complicações do diabetes. Ele foi ex-subsecretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte e delegado aposentado da Polícia Civil.

Agora RN
Tecnologia do Blogger.