Ex-ministro Antônio Palocci deixa a prisão para cumprir pena em casa

O ex-ministro Antônio Palocci Filho deixou, na tarde desta quinta-feira (29), a prisão, na sede da Polícia Federal em Curitiba, o berço da Operação Lava Jato. O ex-ministro da Fazenda e ex-ministro da Casa Civil dos governos petistas, que citou Lula e Dilma Rousseff em sua delação premiada, passará na sede da Justiça Federal para ter instalado o equipamento de monitoramento judicial em seu tornozelo e voltar para casa. Dois anos e três meses depois de ser preso, condenado a 9 anos e 10 dias de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, ele passará para o regime prisional semiaberto domiciliar, sob monitoramento.

Foto: Agência Brasil/Arquivo
Tecnologia do Blogger.