Unesco declara o reggae como Patrimônio Imaterial da Humanidade

Um dia para celebrar ainda mais a memória de Bob Marley e de todos os músicos e compositores de reggae. A Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – declarou nesta quinta-feira (29) o gênero musical nascido na Jamaica como Patrimônio Imaterial da Humanidade.
Em um comunicado, a entidade explicou o novo título dado a reggae: “A sua contribuição à reflexão internacional sobre questões como injustiça, resistência, amor e condição humana destacam a força intelectual, sociopolítica, espiritual e sensual deste elemento do patrimônio cultural”.
A Unesco ainda enalteceu o papel do reggae na formação cultural e educacional da Jamaica, uma vez que ele “conserva intacta toda uma série de funções sociais básicas da música — veículo de opiniões sociais, prática catártica e religiosa — e continua sendo um meio de expressão cultural do conjunto da população jamaicana”. A organização lembra ainda que na Jamaica: “está presente o ensino desta música (reggae), desde o jardim de infância até a universidade”.
A na definição musical, a Unesco explica que o ritmo é uma “amálgama de antigos ritmos musicais jamaicanos e de outros de origens muito diversas: caribenhos, latino-americanos e norte-americanos”.

Resultado de imagem para regue
Tecnologia do Blogger.