Ex-advogado de Trump chama o presidente de ‘racista, canalha e fraude’

O ex-advogado Michael Cohen em depoimento ao Congresso norte-americano
O ex-advogado Michael Cohen, que trabalhou para o presidente Donald Trump, disse nesta 4ª feira (27.fev.2019) que o líder norte-americano é “racista”. Chamou-o, ainda, de “canalha” “fraude”.O ex-representante jurídico afirmou que Trump implicitamente disse para ele mentir sobre 1 projeto imobiliário de Moscou. Cohen comparecerá perante o comitê de inteligência da Câmara na 5ª feira (28.fev).

Em seu perfil no Twitter, o presidente afirmou que Cohen “infelizmente” foi 1 de seus “muitos advogados” e que foi expulso pela Suprema Corte do Estado por “mentir e fraudar”.
Segundo o presidente, o ex-advogado está mentindo para reduzir seu tempo de prisão.A Justiça dos EUA condenou Michael Cohen a 3 anos de prisão por violar leis de financiamento de campanha eleitoral e por dar falso testemunho ao Congresso.
Michael assumiu a culpa pelo escândalo envolvendo a atriz pornô Stormy Daniels, condenada a pagar US$293 mil para Trump por difamação. O advogado havia pago pelo silêncio de 2 atrizes pornô, Stormy Daniels e Karen Mcdougal, que supostamente tiveram relacionamentos íntimos com Donald Trump.
Além de ser preso, o ex-conselheiro do presidente terá de pagar US$ 2 milhões de indenização.
Tecnologia do Blogger.