Moro ajusta projeto ‘anticrime’ após crítica

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, atendeu a reivindicações de governadores e à crítica do ministro Celso de Mello, do STF, e alterou oito trechos do projeto de lei "anticrime" apresentado na segunda-feira (4). Na terça-feira, Mello disse que uma das medidas não poderia ser implementada por projeto de lei ordinário, e sim por projeto de lei complementar. A proposta em questão é a de retirar dos juízes eleitorais a competência para processar e julgar os crimes comuns que forem conexos com os crimes de natureza eleitoral.

Tecnologia do Blogger.