Crises frequentes ameaçam “lua de mel” do governo Bolsonaro com Congresso

Sem conseguir formar uma ponte sólida com o Legislativo desde que se elegeu, o presidente Jair Bolsonaro pode ter a menor lua de mel de um presidente eleito com mais de 57 milhões de votos dos brasileiros.
A frequente interferência da família Bolsonaro em assuntos de governo causou ontem estrago com potencial comprometimento da reforma da Previdência, proposta vista como crucial para o sucesso da gestão do militar reformado.
Além de colocar a reforma em banho-maria, deputados negociam derrubar decreto presidencial que isenta americanos, canadenses, japoneses e australianos do visto de visitante.
Decreto legislativo, que propõe invalidar a decisão anunciada em Washington ao lado do presidente Donald Trump, foi apresentado pelo PSOL e ganhou a adesão de ao menos dez partidos da Câmara, incluindo aliados do governo como é o caso do PP, terceira maior bancada da Câmara.

Bolsonaro: governo pode ter a menor lua de mel de um presidente eleito com mais de 57 milhões de votos dos brasileiros
Tecnologia do Blogger.