‘Não teremos horário de verão neste ano’, afirma Bolsonaro


Em um café da manhã com jornalistas na manhã desta sexta-feira, 5, o presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil não terá horário de verão em 2019. “Tomei a decisão que neste ano não teremos horário de verão”, disse Bolsonaro.
Anualmente, em outubro, os relógios são adiantados em uma hora em estados da região Sul, Sudeste e Centro Oeste do Brasil. O objetivo da ação é aproveitar melhor a luz do sol durante o verão e evitar o sobrecarregamento do sistema elétrico. Porém, o Ministério de Minas e Energia afirma que desde 2016, estudos apontam efeitos neutros na economia de energia.
O horário de verão foi adotado pela primeira no Brasil em 1931, no governo de Getúlio Vargas,  e está em vigor, sem interrupção, há 35 anos.
Para entrar em vigor, anualmente, é necessário um decreto presidencial que determina o dia de início e fim da medida.
Esta semana, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, informou que a pasta vai finalizar nos próximos dias os estudos sobre o tema. O material será entregue ao presidente Bolsonaro, que decidirá em caráter definitivo pela continuidade ou não do horário de verão no País. 
Segundo o ministro, a decisão tem que ser tomada neste momento e não leva em conta apenas dados econômicos, mas outros fatores como sobrecarga e picos de consumo, por exemplo.
Tecnologia do Blogger.