Lava Jato do RJ prende procurador do estado suspeito de receber propina em obras do metrô

A força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu, na manhã desta segunda-feira (1°), o procurador do estado Renan Saad.
Saad é suspeito de receber R$ 1,265 milhão em pagamentos da Odebrecht relacionados à mudança do traçado das obras do metrô do Rio. Saad foi preso em casa, em São Conrado, Zona Sul.A Linha 4 do metrô liga a Zona Sul à Barra, na Zona Oeste, e foi entregue para os Jogos Olímpicos de 2016.

Resultado de imagem para Lava Jato do RJ prende procurador do estado suspeito de receber propina em obras do metrô
Tecnologia do Blogger.