Zé de Abreu é condenado a pagar R$ 20 mil a hospital

O ator José de Abreu foi sentenciado a pagar 20.000 reais em danos morais ao Hospital Israelita Albert Einstein. O motivo foi um tuíte de 1º janeiro deste ano, em que dizia que a facada recebida pelo presidente Jair Bolsonaro, quando era ainda candidato, em setembro de 2018, teria sido “elaborada com o apoio” do hospital onde o político ficou internado.

O ator José de Abreu foi condenado por danos morais, em ação movida pelo Hospital Albert Einstein
“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad, com apoio do Hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PMI israelense, o fascista matador e corrupto Bibi. A união entre a Igreja Evangélica e o Governo Israelense vai dar merda”, escreveu o ator na época, fazendo referência à presença do primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, na posse de Bolsonaro e à relação do estado israelense com a Igreja Evangélica. O tuíte foi apagado posteriormente.
Tecnologia do Blogger.