O ministro da Saúde manda ESMOLA de 65 milhões pensando que resolve a questão da saúde do RN

O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta autorizou nesta sexta-feira (16) a liberação de R$ 65 milhões para o Rio Grande do Norte. O valor equivale a apenas 30% do montante dos R$ 220 milhões pleiteados pelo Estado para suprir o déficit orçamentário existente e ajudar na qualificação da assistência à população. Na passagem por Natal (RN), Mandetta também liberou mais R$ 20 milhões para 51 municípios.

O governo divulgou as solicitações do plano de custeio entregue ao Ministério da Saúde:

– Hospital da PM: R$ 7,8 milhões/ano


– Custeio da produção da Sesap: R$ 50,4 milhões/ano

– Complementação dos serviços sem financiamento federal: R$ 33 milhões/ano
– Cirurgias oncológicas: R$ 17 milhões/ano

– Cirurgias ortopédicas: R$ 2 milhões/ano

– Cirurgias urológicas: R$ 2,2 milhões/ano

– Déficit nas tomografias, ressonâncias e cintilografias: R$ 26 milhões/ano

– Leitos de UTI judicializados: R$ 45,9 milhões

– Leitos de UTI próprios: R$ 20,8 milhões

– Cirurgias eletivas: R$ 7,6 milhões

A REALIDADE É QUE ISSO ANDA LONGE DE RESOLVER OS PROBLEMAS DO RIO GRANDE DO NORTE
Tecnologia do Blogger.