Presidente da OAB aciona STF contra falas de Bolsonaro sobre pai

Ação do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, foi assinada por 12 ex-presidentes da entidade. Foto: Reprodução/OAB
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, protocolou na tarde desta quarta-feira (31), uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que o presidente Jair Bolsonaro esclareça as declarações feitas sobre o desaparecimento de seu pai, Fernando Santa Cruz, em fevereiro de 1974.
No documento, que é assinado por 12 ex-presidentes da entidade, o advogado afirmou que a fala do chefe do Executivo Federal pode caracterizar calúnia contra os mortos na ditadura e injúria contra ele.
Para Felipe Santa Cruz, quando Bolsonaro insinuou que o seu pai não foi vítima de desaparecimento forçado pelo regime ditatorial estaria escondendo informações ou divulgando informações falsas. “Não é demais lembrar que ao presidente cabe o dever de comunicar eventuais informações sobre a prática de crimes e graves violações”, alegou.
Tecnologia do Blogger.