Afeganistão tem dia de explosões e mortes em dia de eleições marcadas por ameaça do Talibã

Ao menos cinco pessoas morreram e dezenas ficaram feridas no Afeganistão neste sábado (28), dia de eleições presidenciais no país, em ataques e explosões atribuídos ao Talibã. Combatentes da facção extremista tentaram impedir o processo eleitoral, mas a votação continuou até as 17h10 (9h40, de Brasília).

Resultado de imagem para Ashraf Ghani, atual presidente em busca da reeleição, e seu chefe de governo, Abdullah Abdullah.
Os resultados preliminares deverão ser divulgados em 17 de outubro e os finais, em 7 de novembro.
Houve alegações, segundo a agência, de que a votação teve falhas e que o nível de participação foi baixo. Já havia temores de que o processo pudesse ter fraudes.
Destacam-se dois candidatos, dos 18 em disputa: Ashraf Ghani, atual presidente em busca da reeleição, e seu chefe de governo, Abdullah Abdullah.
Tecnologia do Blogger.