Ex prefeito Ademar e ex secretario são citados em matéria de investigação do ministério público


Caraúbas fica na região Oeste potiguar — Foto: Gidel Morais/Icém Caraúbas
O Ministério Público do Rio Grande do Norte deflagrou nesta terça-feira (24) a operação Cambalacho. O objetivo é apurar um esquema fraudulento que aplicou golpes de pelo menos R$ 1.549.550,00 em Caiçara do Rio do Vento, cidade da região Central potiguar. O ex-prefeito Francisco Edson Barbosa foi preso na ação.

A operação Cambalacho é desdobramento de outra operações do MPRN.

A Operação Holerite  foi deflagrada em Caraúbas em agosto de 2018 para apurar os crimes de falsificação de documentos públicos e privados, falsidade ideológica, estelionato e peculato que resultaram no desvio de pelo menos R$ 799 mil na Prefeitura de Caraúbas. 

Entre os investigados, estão o ex-prefeito de Caraúbas Ademar Ferreira da Silva e um ex-secretário municipal de Planejamento.


Tecnologia do Blogger.