PSL desiste de entregar cargos no governo Witzel, mesmo após rompimento

A bancada do PSL no Rio de Janeiro desistiu da recomendação para que filiados ao partido deixem os cargos que ocupam no governo de Wilson Witzel (PSC). Em nota oficial divulgada nesta 6ª feira (27.set.2019), o presidente estadual da sigla, senador Flávio Bolsonaro, filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, voltou a atacar o governador, mas mudou seu discurso em relação à participação de colegas de legenda na equipe de Witzel.
Ante a ingratidão do governador e a falta de reconhecimento da importância do PSL para sua eleição, a bancada reafirma sua condição de independência e não se sente mais responsável pelas decisões e rumos do governo estadual“, diz a nota assinada pelo líder do PSL na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), Deputado Doutor Serginho.
Tecnologia do Blogger.