Bolsonaro flerta com saída do PSL enquanto busca forma de levar deputados com ele

O vice-presidente Hamilton Mourão e o presidente Jair Bolsonaro.

No fim de 2017, enquanto estava filiado ao PSC, Jair Bolsonaro se movimentava para buscar uma legenda que apoiasse sua candidatura à presidência. Flertou com o PEN – que mudou o nome para Patriota a pedido dele. Não vingou. 

Em março de 2018 acabou se filiando ao PSL. Depois de um ano e sete meses, uma vitoriosa eleição presidencial, que a reboque elegeu quatro senadores e 52 deputados federais, Bolsonaro prepara sua saída da legenda. Ele diz querer descolar sua imagem das supostas irregularidades cometidas nas candidaturas laranjas de mulheres em Minas Gerais e no Pernambuco. 

Fraudes que podem respingar em sua campanha e, em tese, render um processo no Tribunal Superior Eleitoral.
Tecnologia do Blogger.