João Doria grita para apoiador de Bolsonaro: “vai pra casa, vagabundo”

“Vai pra casa, vagabundo!, grita o governador João Doria a grupo de bolsonaristas. Créditos: EBC
O governador de São Paulo, João Doria, entrou em atrito com um grupo de apoiadores do governo Bolsonaro que demonstravam apoio ao presidente durante um evento gastronômico em Taubaté, na noite da terça-feira 15. 

Os bolsonaristas hostilizaram o governador aos gritos de “Pinóquio”, “Pinóquio do pau oco” e “Doria surfou na ‘onda Bolsonaro’”.Visivelmente irritado, Doria respondeu: “Vai pra casa, vagabundo! Vai comer sua mortadela com a sua mãe, seu sem vergonha”. Depois, direcionou seus ataques aos aposentados: “Vai cobrar do Major Olímpio seus ‘duzentinho’ para vir aqui falar bobagem no microfone. Vai pra casa, aposentado”, emendou o governador.

Já no início de seu discurso no Festival Gastronômico Feito em SP, Doria reservou críticas aos apoiadores do governo. “Boa noite para o verdadeiro povo de Taubaté que trabalha. E não os que atrás de mortadela e dinheiro de Major Olímpio. Vai beijar o pé do Major Olímpio que perdeu as eleições de São Paulo pra mim”. 

O discurso teve o apoio do prefeito de Taubaté, Ortiz Junior (PSDB), que se declarou um “soldado briguento” para defender o governador. “E vocês [manifestantes] vão chorar na cama que é lugar quente”, direcionou aos bolsonaristas.

Embora Doria tenha encampado, na época das eleições de 2018, o movimento “BolsoDoria”, tem sido visível nos últimos meses o descolamento do tucano do governo. Doria tem criticado algumas ações do governo, defendido sua posição ao centro, no que chama de novo PSDB. Por várias ocasiões, classificou as medidas de Bolsonaro como extremistas.
Tecnologia do Blogger.