Brics: Bolsonaro fala em ampliar negócios; Xi Jinping critica ‘protecionismos’


O presidente Jair Bolsonaro disse que o “Brasil mudou” por meio de “medidas concretas” e agora quer ampliar as trocas comerciais com os países do Brics –grupo que, além do Brasil, reúne Rússia, Índia, China e África do Sul. As declarações foram feita no fechamento do fórum empresarial da cúpula do bloco, realizado nesta 4ª feira (13.nov.2019), em Brasília.

Os outros líderes do bloco também destacaram a necessidade de os países fortalecerem laços. O presidente chinês, Xi Jinping, fez discurso contra 1 “protecionismo crescente” no mundo que ameaça o comércio internacional. A declaração se dá num momento em que a China tenta encerrar guerra comercial com os Estados Unidos iniciada a partir da imposição de taxas a produtos chineses por determinação do presidente Donald Trump.

“O Brasil mudou! O Brasil começou a abrir o seu mercado para o mundo com medidas concretas e cada vez mais nós recuperamos a confiança do mundo”, disse Bolsonaro em seu discurso. “Temos aqui grandes líderes interessados no Brasil e nós também interessados no comércio dos países desses grandes lideres”, continuou.

Ele seguiu dizendo que o país tem feito o “dever de casa” no âmbito das reformas estruturais e que continuará a realizá-las para melhorar o ambiente de negócios brasileiro.

“Agenda de reformas que estavam há décadas por uma solução, o nosso governo vem tornando uma realidade… O Brasil ainda tem 1 caminho para percorrer, novas reformas se apresentam para nós para que nós possamos ter a certeza de que o ambiente de negócios cada vez se torne mais atrativo”, completou.

Bolsonaro ressaltou que o Brasil é 1 país com uma variedade de áreas que podem ser exploradas, como a agricultura, o turismo e os minérios. Ele afirmou ainda que nunca se esteve em 1 patamar como o de hoje na confiança entre investidores. Segundo ele, os empresários têm hoje muita esperança em seu governo.

“Medidas de aproximação, sinalizações de que queremos cada vez mais fazer negócios com os Brics se mostram uma realidade a partir do momento em que temos aberto as isenções de vistos para homens que venham fazer turismo e negócios no nosso Brasil”, disse.
Tecnologia do Blogger.