Homem é suspeito de tentar incendiar casa de ex com ‘coquetel molotov’

Uma mulher deu queixa na Delegacia da Mulher em João Pessoa, após encontrar uma garrafa que teria sido utilizada como ‘coquetel molotov’ na para tentar incendiar a casa onde ela estava com outras sete pessoas na madrugada desta terça-feira (24).

O caso aconteceu no município de Bayeux, Grande João Pessoa, e está sendo investigado pela delegacia de homicídios.

De acordo com o Cabo Genilvado da Polícia Militar, a mulher relatou que o homem estaria em cima da residência onde ela mora com outras sete pessoas. A garrafa quebrou o telhado e caiu dentro da residência, porém não chegou a pegar fogo.

A princípio a mulher foi encaminhada para a delegacia da mulher e posteriormente para a central por tratar-se de tentativa de feminicídio e homicídio.

“Por volta das 03h recebemos o chamado de que uma pessoa havia jogado uma garrafa com a característica de tentar incendiar a casa. Segundo ela, acredita ser o ex-marido por ele estar perseguindo a vítima e tentando forçar uma relação”, disse.

De acordo com a Polícia, a mulher contou ainda que já havia feito outras denúncias junto à justiça alegando que o ex-companheiro estaria perseguindo-a pela cidade, além de ter deixado o emprego pelo mesmo fator.

“É uma suspeita, ela fez a denúncia crime apra que a autoridade policial investigue e chegue ao autor dessa tentativa”, disse.

O policial contou que foi acionado a dar suporte à patrulha especializada da Maria da Penha. O fato também foi direcionado ao 190 e as viaturas fizeram incursões na tentativa de encontrar o suspeito, porém ele fugiu após o fato.

As diligências e investigações continuam.

Tecnologia do Blogger.