Lutador de Jiu Jitsu suspeito de homicídio na PB é preso em evento esportivo no MA

Uma Operação conjunta das Polícias Civis da Paraíba e Maranhão prendeu, em São Luís, um lutador de Jiu Jitsu suspeito de matar um homem de 43 anos em Catolé do Rocha em outubro deste ano.

A prisão aconteceu no Golden Shopping, bairro do Calhau em São Luís, Maranhão. Ele iria participar de um evento de artes marciais no local quando foi preso pela equipe de Policiais Civis da SHPP de São Luís que o aguardava após ser informada pela equipe de Catolé do Rocha.

De acordo com o delegado Sylvio Rabello, o crime aconteceu em 31 de outubro de 2019. Francisco Ferreira da Silva Filho, mais conhecido como “Preto” foi imobilizado e morto com vários socos. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

O delegado ainda apontou que vítima e suspeito seriam inimigos no passado e que esse fato pode ter motivado o assassinato.

Tecnologia do Blogger.