Obreiro de igreja é indiciado por estupro de menino de 11 anos

Obreiro é indiciado por estupro de vulnerável e ameaça; vítima é garoto de 11 anos
Obreiro de uma igreja evangélica, de 30 anos, em Campo Grande, foi indiciado nesta sexta-feira (17), por estupro de vulnerável e ameaça, contra um garoto de 11 anos. O caso ocorreu no bairro Santa Luzia, na Capital.  
O suspeito, que não teve a identidade divulgada, prestou depoimento e foi liberado para responder o processo em liberdade.
Conforme a Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e Adolescente, a Depca, a vítima era abusada desde os 9 anos pelo suspeito. O mais grave é que a criança já fora vítima de violência sexual aos quatro anos, por outra pessoa.
Segundo a polícia, o menino contou sobre os crime para a mãe, que procurou a delegacia. Em depoimento, a vítima relatou que tinha vergonha e medo de falar sobre o assunto, já que recebia ameaças do autor. Os exames comprovaram os abusos.
Tecnologia do Blogger.