Violência! Médico é preso em Juazeiro após atirar em funcionária veja


Uma funcionária denunciou que foi baleada no ombro por um médico após pedir demissão e discordar do valor proposto a ela pelos direitos trabalhistas. O caso aconteceu no Bairro do Socorro, em Juazeiro do Norte, Sul do Ceará, na noite da última terça-feira (21).
Conforme o relato da funcionária à polícia, o médico disse que iria pagar R$ 400, mas a funcionária discordou do valor e disse que teria de receber mais. No boletim de ocorrência feito pela vítima, ela diz que o médico sentou no chão e efetuou três disparos de arma de fogo, atingindo-a no ombro. A vítima foi socorrida para o Hospital Regional do Cariri.
Após ser baleada, a funcionária conseguiu se desvencilhar do médico e pediu socorro. Em seguida, a Polícia Militar foi acionada e prendeu o médico em flagrante.
Em depoimento, ele alegou que atirou para se proteger de agressões físicas da funcionária. Segundo ele, os dois discutoram por causa da aquisição de um celular. Ele foi levado para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde foi autuado pelo crime de lesão corporal. Em seguida, foi conduzido para a cadeia pública da cidade. A polícia investiga o crime.
Diário do Nordeste
Tecnologia do Blogger.