Prefeito Paulo Brasil reúne secretários e define medidas de prevenção ao novo Coronavírus em Caraúbas

Na tarde desta terça-feira 17, o prefeito em exercício Paulo Brasil, reuniu em seu gabinete todos os secretários da administração pública de Caraúbas para definir medidas de combate ao Novo Coronavírus (Covid-19) no município.

O objetivo do chefe do Executivo é que o município fique isentos de casos da doença que tem afetado populações pelo mundo e em mais de 130 países em continentes diferentes.

“A sociedade está vivenciando uma pandemia na saúde com o alastramento do Coronavírus e nós temos que está preparados para algum eventual caso em Caraúbas. Diante disso, reunimos todos os secretários da administração É Tempo de Avançar e tomamos algumas medidas”, destacou Paulo Brasil.

Medidas
 1. As aulas de todas as instituições de ensino (públicas e privadas) estão suspensas conforme a determinação da Governadora Fátima Bezerra pelo prazo de 15 dias que pode ser prorrogado de acordo com a evolução da pandemia;
2. As Reuniões e atendimentos de grupos (Grupo de Idosos, Grupos de Hipertensos, Diabéticos etc) estão suspensos por tempo indeterminado;
3. Também estão suspensos os Serviços de Convivência vinculados aos CRAS da Assistência Social. Somente o Cadastro Único permanecerá em funcionamento para casos que sejam de extrema necessidade;
4. A emissão das Carteiras do Idoso está também suspensas;
5. As atividades da Banda de Música e Biblioteca Municipal estão suspensos;
6. Eventos festivos que ensejem aglomeração e dependam de alvará de autorização da Prefeitura também não serão autorizados;
7. Os serviços ofertados na sede da prefeitura estarão reduzidos ao que for urgente e indispensável. Todos os serviços que podem ser feitos pela internet, através do site da prefeitura, tais como serviços de tributação, emissão de boletos, notas, emissão de contracheque terão atendimento somente online. O acesso ao Palácio Jonas Gurgel será apenas pela recepção e de acordo com triagem do atendimento;
8. Estão suspensos também os serviços odontológicos conforme orientação dos Conselhos de Odontologia;
9. A Secretaria Municipal de Saúde continuará suas atividades integrais para atender a população, avaliando-se também sua expansão, caso seja necessário;
10. O Hospital Regional deve ficar destinado à urgências e emergências. Nos demais casos, o posto de saúde de seu bairro deve ser procurado;
11. A Defesa Civil e a Vigilância Sanitária montarão estratégias de orientação junto ao comércio local;
12. Uma comissão será formada para informar mais detalhes a população e avaliar a necessidade da tomada de outras medidas.
 

Assessoria de Comunicação PMC
Tecnologia do Blogger.