Crime Politico: Pré-candidato a prefeito de Janduís/RN é executado



O pré-candidato a prefeito pelo PSOL em Janduís, no Rio Grande do Norte, Raimundo Gonçalves de Lima Neto, o Netinho de Nilton, foi assassinado a tiros neste sábado (11). O crime ocorreu em uma estrada de acesso entre Janduís e Campo Grande.

O presidente da legenda, Juliano Medeiros, usou as redes sociais para denunciar o crime e cobrar apuração do crime.
"Em 2014 o PSOL elegeu dois prefeitos no RN, nas cidades de Jaçanã e Janduís. Acabo de ficar sabendo que nosso pré-candidato a prefeito em Janduís, Netinho de Nilton, que liderava as pesquisas na cidade, foi EXECUTADO hoje pela manhã. Todos os sinais são de crime político", enfatiza Juliano Medeiros.
Segundo ele, a região é conhecida pelo coronelismo e pela violência política. "Netinho não tinha qualquer histórico de conflito na cidade e tinha sido escolhido pelo PSOL para ser nosso candidato", frisa.
"Já estamos em contato com o Diretório Estadual do PSOL no RN para levantar mais informações. Também estamos em contato com as autoridades do Estado para cobrar a máxima celeridade possível na apuração do caso. Não podemos tolerar crimes políticos em pleno século XXI", reforçou.
Em outro tuíte, Juliano lembrou do assassinato da vereadora Marielle Franco (RJ), que até agora não tem resposta sobre o mandante do crime.
"Nós do PSOL conhecemos bem a dor de perder uma das nossas. Por isso nos solidarizamos aos amigos e familiares de Netinho nesse momento de sofrimento. Colocamos o partido à disposição da militância de Janduís para denunciar esse crime e render as homenagens ao nosso companheiro", acrescentou.

Fonte: BR 247

Tecnologia do Blogger.