INTERESSANTE - oposição de Caraúbas-RN parece que não deseja que a gestão atue no combate ao COVID

Algumas informações oposicionistas, nos chama a atenção no tocante, claro e direcionado, a utilização de recursos oriundos a esta destinação, no combate ao COVID-19, em que a municipalidade, através do Decreto 091/2020, autoriza Crédito Extraordinário, no valor de R$ 296.810,92 (duzentos e noventa e seis mil, oitocentos e dez reais e noventa e dois centavos) para ações imediatas na contratação de nova equipe na luta contra o coronavírus que fora contratada pelo período de três meses com uma folha mensal de R$ 34.00,00 (trinta e quatro mil reais), o restante do recurso para a utilização da aquisição de insumos como EPI's, segundo informações do setor contábil.

O que nos chama a atenção é a falta de informação dos oposicionistas que tentam se segurar em fatos inverídicos e os transformam, na sua versão como um tsunami como se legalidade da ação foi na verdade ilegal.

Estes são recursos baseados na Lei Complementar (LC) nº 173/2020 em que destina despesas com saúde e assistência, porém a gestão entendendo (legalmente) da máxima urgência da contratação de uma nova equipe de frente ao combate, resolve a utilização destes recursos a pagamentos da mesma, ato legal juridicamente falando.

O Estado de Calamidade Pública do município, dá prerrogativas do gestor utilizar os recursos destinados ao combate da COVID-19, nestas frentes, como também em qualquer ação voltada a esta pandemia, assim se faça a máxima urgência como foi esta execução orçamentária.

Assim a gestão municipal, vem cumprindo seu papel e em especial seu trabalho, no que refere-se COMBATE AO NOVO CORONAVÍRIUS, precisa-se de união e esforços não só orçamentários, mas sim humanos, que venham somar para juntos vencermos esta pandemia que assola o mundo. O vírus não possui ala partidária, não possui cor de bandeira de partidos e nem distinção a quem vai contaminar. Basear-se em fatos jurídicos e comprobatórios se faz necessário.

A gestão detém de tempo para estar a qualquer instante, precisando suspender as ações para responder fatos inverídicos destilados da oposição política. Isso não é uma campanha eleitoral e sim uma luta pela VIDA.

Sociedade ativa
Tecnologia do Blogger.