REBOLIÇO: Messienses reclamam dos critérios de distribuição de casas populares


Recentemente o vice-prefeito de Messias Targino, Genésio Pinto Neto (Pôla Pinto), postou em sua rede social (Facebook) a notícia de que a cidade, mais uma vez, seria contemplada com a construção de casas populares através do Programa Habitacional Viver Melhor.

A notícia é boa, porém provocou uma série de comentários que acabou levantando uma discussão a respeito dos critérios utilizados na hora de escolher quem tem direito ao imóvel. A indignação dos que se sentem injustiçados vem acompanhada de uma esperança de que, dessa vez, o Programa Habitacional Viver Melhor possa chegar em sua totalidade a quem mais precisa.

Entre os comentários deixados na rede social do vice-prefeito, grande parte foi exposta em tom de indignação e falta de credibilidade quanto uma distribuição justa do imóvel. Deixando claro que é preciso mais rigor na avaliação dos critérios na hora de cadastrar a população, priorizando os que realmente não tem casa própria e nem condições de adquirir.

“Espero que dessa vez as pessoas que realmente precisa ganhe porque eu não tenho sorte”.

“Era para casa ser para quem realmente precisa, porque alguns tem casa própria aí pega essas casinhas e vendem”.

“Realmente eu vejo gente com casa da caixa e tem uma de conjunto na Nova Messias”.

“A minha faz anos que corro atrás e nunca me deram. Nem a mim nem ao meu irmão”.


CG NA MÍDIA
Tecnologia do Blogger.