Serra se torna réu na Lava Jato, mas Toffoli suspende investigações

Senador José Serra é investigado por suposto caixa 2 eleitoral

O senador José Serra (PSDB-SP) se tornou réu em ação penal na Justiça Federal em São Paulo. O tucano, ex-governador do Estado, é acusado de ter recebido propinas da Odebrecht em troca de benefícios à empreiteira em contratos para as obras do Rodoanel, de 2006 a 2007. O senador nega as irregularidades.

Momentos antes da denúncia ter sido aceita pelo juiz federal Diego Paes Moreira, porém, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, atendeu a pedido da defesa de Serra e mandou interromper as investigações da Lava Jato contra o senador.


Tecnologia do Blogger.