Polícia Federal prende secretário de Doria, acusado de corrupção

Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (6) o secretário estadual de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, acusado de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O mandado foi expedido pelo juiz federal Marcelo Bretas, do Rio de Janeiro.

Segundo as investigações da força tarefa da Lava Jato, um grupo de empresários e agentes públicos realizava contratações dirigidas, especialmente na área da saúde. Os crimes teriam ocorridos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

A detenção de Baldy, deputado federal licenciado (Pode-GO) e ministro das Cidades na gestão Temer, não tem ligação com a administração estadual atual, comandada por João Doria. A operação, batizada de  Dardanários, ocorre também em Brasília e em São José do Rio Preto.

Tecnologia do Blogger.