Filho de ex-pastor da Universal mata mãe que exigia que ele trabalhasse




Um brasileiro matou a mãe adotiva com 20 facadas em Portugal. O suspeito é filho da vítima com um ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.

Segundo Uol, o jovem foi adotado no Brasil quando era um bebê, e que no dia do crime, ele havia discutido com a mãe adotiva, e lhe desferiu diversas facadas atingiram o pescoço, com o objeto que havia encontrado na cozinha. A vítima morreu na hora e o suspeito foi preso horas depois que o corpo da mulher, identificada apenas como Teresa, foi encontrado. Ele fugiu pulando pela janela e deixando as roupas sujas no local.



A imprensa local apurou que as brigas entre mãe e filho eram constantes, porque a mãe não aceitava que o filho passasse o dia em casa e não procurasse emprego.



O ex-bispo publicou um comunicado nas redes sociais ontem agradecendo as mensagens de apoio que têm recebido e disse que fará uma live em breve para comentar sobre o caso.



Tecnologia do Blogger.