Primeira prefeita mulher e negra quebra barreiras em Bauru



A eleição da jornalista Suéllen Rosim (Patriota), de 32 anos, para a prefeitura de Bauru, cidade de 380 mil habitantes, quebra duas barreiras ao mesmo tempo. É a primeira vez, desde a fundação, em 1896, que uma mulher vai administrar o município. Nesse período, 52 homens se alternaram no comando da prefeitura e nenhum deles era negro. Mais votada também no primeiro turno, a jornalista derrotou, no segundo, o médico Raul Gonçalves de Paula, do DEM, por uma diferença de 19.167 votos. Solteira, durante a campanha ela se colocou como representante da força feminina.

Tecnologia do Blogger.