Pai mata filha com tiro de espingarda em briga por herança na Paraíba



Um homem de 53 anos é suspeito de matar a própria filha, Nailza Araújo, de 36 anos, com um tiro de espingarda artesanal por conta de uma briga por uma herança de terras. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (30), no município de Boqueirão, a cerca de 150 km de João Pessoa, na Paraíba. As informações são do UOL.


Segundo o delegado Ilamilto Simplício, da Polícia Civil, responsável pelas investigações do caso, o pai da vítima morava no Rio de Janeiro, mas estava na Paraíba há cerca de três meses.


“Havia uma disputa de terras, de herança, entre eles. Ontem, após uma discussão, o pai pegou uma espingarda calibre 12 e efetuou o disparo na cabeça da filha. Pessoas que estavam próximas ainda tentaram evitar o crime, mas não conseguiram”, disse Simplício. A polícia procura o suspeito.


Nailza foi socorrida às pressas para um hospital da cidade, mas não resistiu e acabou morrendo.


“É um fato lamentável, envolvendo pai e filha. O pai matar a própria filha por uma disputa de terras, em plena comemoração de Natal e Ano Novo, o cidadão não pensar bem, não refletir, cometer um ato bárbaro desses. Agora é perguntar o que ele vai fazer da vida, certamente vai ser preso e condenado. E aí, valeu a pena?”, questiona o delegado.

Tecnologia do Blogger.