PF faz operação contra fraudes no auxílio emergencial em 14 estados; são cumpridos sete mandados de prisão e 42 de busca e apreensão



A Polícia Federal realiza nesta quinta-feira (10) operação contra suspeitos de fraudar o auxílio emergencial. A ação ocorre em 14 estados do país. Ao todo, foram expedidos sete mandados de prisão, 42 de busca e apreensão.

Também foram determinados os bloqueios de valores de até R$ 650 mil em diversas contas que receberam o benefício irregularmente.

A operação ocorre nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba, Espírito Santo, Bahia, Santa Catarina, Tocantins, Paraná, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Maranhão, Piauí e Mato Grosso do Sul. Por conta da investigação, segundo a PF, foram bloqueados ou cancelados os cadastramentos de mais de 3,82 milhões de pedidos irregulares.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, a operação impediu o saque indevido de R$ 2,3 bilhões. Chamada “Segunda Parcela”, a ação é feita em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) o Ministério da Cidadania (MCid), a CAIXA, a Receita Federal, a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU).

Tecnologia do Blogger.