Rodrigo Pacheco atira para todos os lados na corrida pela Presidência do Senado



Promovido pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), o encontro do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) com o presidente Jair Bolsonaro na semana passada terminou com um amigável almoço fora da agenda. Empolgado com a situação, Alcolumbre chegou a dizer que o seu candidato seria o nome do governo. 


Ontem foi a fez de Pacheco se encontrar com seis senadores do PT, onde tentou demonstrar que é um nome capaz de manter a independência da Casa. Pacheco ainda corre sozinho na disputa, uma vez que seu principal adversário deve ser anunciado após decisão do MDB, que tem atualmente quatro pré-candidatos: Eduardo Braga, Simone Tebet, Eduardo Gomes e Fernando Bezerra.

Tecnologia do Blogger.