Secretário de Educação defende volta obrigatória às escolas




O secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, está numa cruzada pela volta às aulas presenciais. 


Nos últimos meses, tem percorrido escolas pelo interior do Estado conversando com dirigentes de ensino, pais e professores sobre o que ele considera um "massacre educacional" na vida de crianças e jovens neste ano de pandemia. 


"Temos que ter clareza que ficar esse tempo sem escola pode causar um prejuízo para o resto da vida", diz, em entrevista ao Estadão.



Professores das escolas estaduais também serão convocados a retornar, garante Rossieli. "Educação é direito da criança e dever do Estado, deve ser obrigatória dentro dos protocolos".
Tecnologia do Blogger.