Suposta candidatura laranja pode derrubar até 4 vereadores eleitos




O resultado das eleições 2020 para o legislativo no município de Senador Alexandre Costa, Maranhão, a 404km, da capital São Luís, apontou que uma candidata não obteve nenhum voto (Imagem abaixo). 



Em Função disso, o órgão municipal do Partido Social Democrático (PSD), abriu uma denúncia que ainda está sendo averiguada pela Justiça Eleitoral. (Número do processo 060036941.2020.6.10.0006).



A candidata a vereadora Sabrine, disputou pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), mas não conseguiu nem o próprio voto, o que levantou questionamentos sobre uma possível candidatura laranja, com o objetivo de atingir o percentual de mulheres no partido.



Caso seja comprovado a irregularidade a chapa formada por vereadores do PCdoB, podem perder as cadeiras conquistadas. Confira os nomes abaixo.



Quem perderia as vagas?



Caso seja comprovado a irregularidade os vereadores eleitos pelo Partido Comunista do Brasil, podem perder os seus mandatos recém conquistados em Senador Alexandre Costa-MA.



Ao total quatro vereadores podem perder as cadeiras, vereadores Dr. Kelson, Caboquinho, Brito e o presidente da Câmara Jair Macedo.



Quem assumiria as vagas?


Em caso de novo cálculo do quociente proporcional e das cotas dos partidos, as quatro vagas seriam ocupadas por candidaturas do Partido Social Democrático (PSD) e do Partido Social Cristão (PSC).



Raynando Onofre (PSD), Raimunda Eugênia (PSD), Josilene de Carvalho (PSC) e Ronaldo do Dió (PSC).



Segundo informações a justiça está averiguando se de fato Sabrine foi candidata ou apenas um artificio para burlar a lei da cota de gênero. O processo pode ser consultado no PJE TRE MA.

Tecnologia do Blogger.